Minha visão da Agenda Digital do MinC

Standard

Fui convidado para participar do evento Agenda Digital do Ministério da Cultura. E esse encontro me surpreendeu desde sua organização a seus resultados. Tudo muito simples e direto, mas com conquistas tão expressivas. Não há dúvidas que esse foi um dos melhores eventos de TI que já participei.

cartaz

Material de divulgação do evento

De forma colaborativa, chegamos a conclusão de quais seriam os temas mais importantes para se debater e passamos então para o ponto que eu julgo ter sido um dos mais importantes para o sucesso desse evento; Os desafios.

Os desafios não eram hipotéticos. Eram demandas concretas do governo, todos focados em soluções livres e maduras. Alguns dos desafios foram sendo moldados e refatorados ao longo do evento, outros chegamos a conclusão que não valiam a pena ser conduzido naquele momento e teve até desafios novos que apareceram em conversas na mesa do café.

IMG_4803

Servidor Samba4 sendo reconhecido no domínio Active Directory

Tivemos palestras pela manhã, oficinas pela tarde e “mão na massa” a noite, que normalmente se alongava pela madrugada, a base de muito energético e muita adrenalina para conclusão dos desafios.

Aprendendo ELK na prática

Os desafios realizados foram; Migração de domínio Active Directory para Samba4, que foi o nosso maior esforço do evento, tirando várias noites de sono da galera; Criação de imagem Docker do portal servicos.gov.br, que antes levava quase 1 hora para provisionar, a partir de agora levará poucos minutos; Analise do monitoramento do MinC, que teve como resultado um relatório preliminar dos problemas estruturais nessa coleta de dados; E por fim, mas não menos importante, o serviço de log centralizado com ELK, que possibilitou o “ponta pé inicial” para a coleta centralizada de toda essa informação que hoje se encontra pulverizada na instituição.

Portal de Serviços rodando em Docker

Portal de Serviços rodando em Docker

Os resultados apresentados vão muito além das tecnologias apresentadas, pois um grupo muito coeso e interessado demonstrou que é possível fazer mudança quando se tem vontade e pessoas interessadas. Acho que esse evento entra pra história, pois pode ser um “ponta pé inicial” para uma mudança drástica na forma de como o governo escolhe e operacionaliza suas tecnologias.

Agradeço imensamente o convite e fico aqui disposto para novas interações.

Segue abaixo os links para as palestras gravadas ao longo do evento:

Dia 29

Dia 30

Dia 31

Falando em transmissão e gravação de palestras, encontramos esse software livre, que foi nossa salvação para esse tipo de atividade.

Segue abaixo outras postagens de opinião sobre esse evento:

http://gutocarvalho.net/octopress/2015/08/01/minha-visao-da-agenda-digital/